Atualidades

Feliz Aniversário Hildegard Angel!

quinta-feira, setembro 24, 2020

Hoje é dia da filha da Zuzu, mãe de João Pedro, esposa do Francis, atriz, modelo, escritora, jornalista, colunista, formadora de opinião, criadora de bordões, carioca, influenciadora social, flamenguista: Hildegard Angel.


Testemunha ocular da transformação da sociedade tendo a sagacidade de transpor em palavras as verdades, impressões, opiniões sobre temas que permeiam as diversas classes sociais com o mesmo vigor e clareza, falando de arte, moda, justiça, política, economia, beleza, festas e principalmente, falando de gente!


Em seu aniversário, não haverá presença física dos amigos e parentes, porém as melhores vibrações e desejo de felicidades, chegarão em seu coração como um abraço fraterno e apertado que todos nós, amigos, colaboradores, admiradores, leitores de suas colunas e blogs gostaríamos de entregar a você! Um beijo em seu coração.
 Equipe Instituto Zuzu Angel.

Acesse o vídeo em homenagem a Hildegard Angel  por meio do link abaixo:

 https://cutt.ly/AniversarioHildeAngel

Zuzu em

Atualidades

noticias

Feliz Aniversário Hildegard Angel!

Hoje é dia da filha da Zuzu, mãe de João Pedro, esposa do Francis, atriz, modelo, escritora, jornalista, colunista, formadora de opinião, criadora de bordões, carioca, influenciadora social, flamenguista: Hildegard Angel.

noticias

Zuzu Angel: estilo, coragem e resistência

'Stuart é um símbolo; um símbolo de toda uma geração martirizada; ele simboliza a democracia (...) que é negada aos brasileiros'

noticias

A força da beleza, do caráter e do temperamento de Martha Rocha

A colunista Hildegard Angel, do Jornalistas pela Democracia, lembra de Martha Rocha, morta no ultimo dia 5 de julho. "Martha foi uma famosa tão famosa, que tudo considerado extraordinariamente bonito no Brasil foi rebatizado com seu nome, a partir do título da Miss Brasil 1954",

noticias

Para filha, negar o assassinato de Zuzu Angel é crime contra a memória do país

União terá que pagar indenização por danos morais às filhas da estilista, morta em “acidente” em 1976. Ela se dedicava a encontrar o filho, Stuart, desaparecido cinco anos antes e morto pela ditadura.